Fé mal explicada

O amor é tanto que comemoramos anúncio, concepção, nascimento, momentos da vida, morte e ressurreição de Jesus. Também comemoramos concepção, nascimento, momentos de vida e morte de Maria, a mãe dele. Amor suscita memórias!

Quando tive chance de explicar a um desses irmãos aguerridos de outra igreja, expus o porquê desses nomes e dessas datas. Se ele se satisfez, não sei, mas parou de discordar. Aceito ouvir as explicações deles, mas quero o direito de... Leia mais

Eu a quero mesmo assim: a rosa machucada

Quem já presenciou algum show meu e dos cantores que me acompanharam nestes últimos 20 anos sabe que repito religiosamente, como se fosse numa missa, cinco a dez gestos fundamentais. Um deles é o da rosa machucada.

Com uma rosa na mão pergunto ao povo se ela é bonita. Depois vou quebrando-lhe simbolicamente o pé, o joelho, a coluna, o pescoço, tiro um pedaço de seu miolo, perguntando, após cada gesto se ela ficou mais feia ou... Leia mais